segunda-feira, 26 de abril de 2010

GRANDE HOTEL - Voltando no tempo...

Sempre que passo em frente ao Grande Hotel Ouro Verde viajo para os anos 50 e lembro dos dias maravilhosos que vivíamos aqui em São Lourenço naqueles saudosos tempos idos...
Conheci o proprietário Salvador Rivera e brinquei com sua filha, menina da minha idade.
Mais tarde o hotel foi adquirido por Heitor Negreiros, que sempre gentil, fazia a visita tradicional, de mesa em mesa para saber se os hóspedes estavam bem servidos.

Minhas lembranças levam-me para 1953, quando chegamos na Rodoviária improvisada, onde era o antigo Cassino, ali no atual Calçadão da Rua Wenceslau Braz, bem na esquina da Comendador Costa. O GRANDE HOTEL não era pintado de verde e nem tampouco tinha o revestimento em pedra e as jardineiras sob as janelas dos quartos. Sempre ficávamos nos quartos da frente, para pegar o calor do sol da tarde que os mantinham aquecidos.

Refeições inclusas e deliciosas, proporcionavam momentos inesquecíveis de prazer. Como esquecer a maravilhosa maionese de batata, as bolinhas de manteiga de sabor nunca mais provado, a sobremesa Pif Paf de banana e creme com suspiro por cima ?

Assim era o Salão de Refeições naqueles tempos. O lindo móvel-bufet, o serviço à la carte com garçons atenciosos como o sr. José espanhol, e a suave música de fundo onde relembro Agostinho dos Santos cantando Flamingo.

Na gostosa varanda os hóspedes conversavam em convívio alegre e harmônico. Lembro de um baile animado que presenciei ali, olhando os adultos dançarem ao som dos sucessos da época.
Em tempos sem televisão, os relacionamentos eram mais próximos, e muitas vezes tínhamos shows com artistas locais em apresentações de mágica e música, como o sr. que tocava acordeon e eu o adorava ouvir cantando "Peguei Um Ita no Norte" e "Meu Limão, Meu Limoeiro".

Visitando recentemente o Grande Hotel, constatei feliz que os tacos ainda estão no piso dos quartos, e os cobertores continuam com suas dobras caprichadas sobre a cama.

Tudo muda, a moda gira, e os hotéis fazem reformas para melhor servir, e vencer a concorrência.
Mas como é bom visitar lugares onde estivemos em outras temporadas e poder encontrar recantos preservados, mantendo a nossa história tão viva...

12 comentários:

  1. Minha querida e nostálgica, Flora.
    O Grande Hotel me transporta para o ano de 1965, quando, já noivos, viajamos juntos para uma semana em S. Lourenço.
    Calma lá, não fiquem com caraminholas na cabeça, quem estiver lendo o meu comentário! Eu falei viajamos, mas cada qual ficou no seu canto. Eu e o meu irmão, hospedados no Grande Hotel, e você com a família na casa dos compadres.
    Um delícia o ambiente acolhedor do Grande Hotel. Os quartos cheirando a cera, a roupa de cama com perfume de limpeza e brancura e os cobertores macios e aquecedores.
    Menos de um ano depois, estávamos de volta a S.Lourenço, já em lua de mel.
    Ah, que saudade!!!
    Beijos.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
  2. Meu muito querido Gilberto:

    Posso fazer as devidas correções ?
    - vs. vieram para São Lourenço em setembro de 1964.
    - nós ficamos noivos em março de 1965, após passar o Carnaval já na casa construída dos meus pais.

    Hotel é coisa muito boa, e hotel antigo, que faz parte da nossa história é melhor ainda !

    Tenho um carinho especial pelo Grande Hotel e por todas as ótimas lembranças que ele me traz.

    Obrigada pela visita e comentário.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Xi !!! Homens nunca guardam datas... Ainda bem que continuam felizes..
    Felicidades...

    Regina di Romano
    São Lourenço / MG

    ResponderExcluir
  4. Oi, Regina:
    E olha que meu marido é um dos melhores que conheço, em relação a guardar datas !!! Ainda assim, eles sempre falham, não é mesmo ?

    Como você encontrou meu blog ?
    Será que nos conhecemos ?
    Obrigada pela visita.

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Olá, Flora
    Eu encontrei seu Blog, quando estava pesquisando no GOOGLE o Assunto:
    MUSICA DE FUNDO PARA REFEIÇÕES e lá estava ele, na pág. 07...
    Responendo à sua pergunta. Não, não creio que nos conheçamos.
    Estou lendo alguns dos seus Blogs...são muitos... Vou lê-los com calma.
    São muito interessantes.
    Desejo ao casal, um final de semana tranquilo .
    Um abraço,
    Regina di Romano.
    São Lourenço / MG.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Regina:

    Fui lá olhar e, para minha surpresa, encontrei minha postagem, só porque citei música no texto.
    Muito interessante essas coisas da net...

    Muito obrigada pelas palavras gentis. São essas palavras que nos animam a continuar com o blog.

    Um abraço.

    PS: se você mora em S. Lourenço, venha conhecer nossa loja do Caminho do Artesanato - Shopping Fonte Luminosa, loja 9.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Flora

    Estou em Monte Verde e voltarei para São Lourenço no fim do ano.

    Já tenho o endereço de sua Loja e a visitarei, com certeza.

    Desejo a você e familiares, votos de uma Feliz Páscoa.

    Um grande abraço,

    Regina di Romano.

    ResponderExcluir
  8. Obrigada Regina, e desejo para você e família uma ótima Páscoa !

    Aguardarei sua visita !
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Olá Flora,

    Volto nesta data, para desejar-lhe um Feliz Dia das Máes.

    Felicidades à todos,

    Um grande abraço,

    Regina di Romano.

    ResponderExcluir
  10. Muito obrigada, Regina, e para você também, se for mãe !
    E se não for, que tenha um alegre domingo de maio !!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Olá Flora,

    No dia de hoje, desejo a voce e seu querido,
    um Feliz Dia dos Namorados.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  12. Obrigada, Regina.

    Já estamos em 2013, e a loja do Caminho do Artesanato agora é nos fundos do Mercado Municipal.
    Apareça.

    ResponderExcluir

RECEBER SUA VISITA É MUITO BOM !
LER SEU COMENTÁRIO, É MELHOR AINDA !!!